terça-feira, 21 de outubro de 2014

Prensa Térmica ... Para que Serve?

Ao entrar no Mundo da Sublimação trazemos conosco muitas dúvidas sobre técnicas, equipamentos, materiais, mercado, fornecedores, enfim ... sobre tudo!!!! ... o que mais temos são milhares de pontos de interrogação em nossa cabeça. Como dar o passo certo? Digo para vocês: PESQUISA .. leitura ... buscar informações e analisar a sua situação frente ao mercado e a sua possibilidade de investimento.
A Prensa Térmica é um equipamento essencial, fundamental, no negócio, pois ela será a responsável pela emissão do calor que causará a sublimação propriamente dita. Este equipamento é formado por duas plataformas, no caso da pensa plana, que aquecem e comprimem o objeto fazendo com que a tinta se desprenda do papel e fixe no objeto sublimado. É a combinação destas duas ações o grande segredo do sucesso da técnica: COMPRESSÃO + AQUECIMENTO.



Tipos de Prensa:
  • Plana Manual - possui a superfície de prensagem reta, regular, propiciando estampar materiais planos como, por exemplo, tecidos, azulejos, chinelos, quebra-cabeças, etc. Nesta prensa, o controle é realizado através de uma alavanca que levanta e abaixa a chapa aquecida. A Prensa Manual, com relação a abertura, pode abrir verticalmente ou na forma de "boca de jacaré".





  • Plana Pneumática - semelhante a manual, o que difere é que o controle do processo é automatizado.

  • Com Formato Irregular - são prensas que possuem um molde específico a fim de encaixar perfeitamente o material a ser sublimado como, por exemplo, de caneca, de boné, de prato, de caneta.





Elementos básicos de uma prensa térmica:
  • Controlador de tempo: nele inserimos o tempo para a prensagem e finalizado este tempo, um aviso sonoro é emitido.
  • Controlador de temperatura: insere-se o valor máximo que se deseja que a prensa chegue para aquele material.
  • Superfície: a superfície plana ou irregular é constituída por resistência e controlada por um termostato. É responsável pelo aquecimento da prensa.
  • Alavanca: utilizada para abrir e fechar a prensa. É nela que fazemos o controle da pressão que a prensa irá exercer.
  • Botão liga/desliga: semelhante a interruptor de tomada.
  • Voltagem: a maioria das pensas não é bivolt (110-220). Ao comprar a prensa, observe este item


Possíveis problemas:
  • Resistência: se a resistência não aquece deverá ser substituída, pois não é possível consertá-la.
  • Termostato: pode parar de funcionar fazendo com que a prensa permaneça aquecida mesmo após ser desligada. Solução: substituição.
  • Painel/Controlador: pode queimar, impedindo a escolha da tempo/temperatura. Este problema só é solucionada com a substituição da peça.
Com exceção da resistência, estes problemas raramente acontecem, principalmente em prensa de canecas. Recomendamos ter sempre uma resistência de reposição para não ficar na mão.
As peças de reposição costumam não ter preço muito elevado e de fácil substituição, sendo possível ser realizada em casa mesmo, sem necessidade de assistência técnica.

Além das prensas individuais como estas acima, exitem as prensas 4 em 1, 6 em 1 e 8 em 1. São prensas que permitem a troca das resistência adaptando-se a cada material a ser prensado. A troca das partes é relativamente simples permitindo que em um mesmo equipamento seja possível prensar tecidos, canecas grandes/pequenas/cônicas, bonés e pratos, conforme a capacidade de cada uma.



E ainda temos as prensas 3D ... assunto para um próximo post.

Link para download dos vetores utilizados neste post:

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá Verônica tudo bem?
    Estou querendo iniciar uma produção de itens sublimáticos. Venho pesquisando bastante, porém não encontro artigos recomendando qual seria a melhor marca de prensa. Nas pesquisas encontrei 04 marcas mais faladas, a Compacta print, Rimaq, Metalnox e Sulink. Vi algumas reclamações dos produtos darem muito problemas e que a manutenção é complicada, pelo fato dos fabricantes não darem o suporte necessário e as peças serem caras. Queria comprar as prensas em Janeiro, mas estou totalmente perdida. O blog é muito bacana e gostaria da sua opinião quanto a essas maquinas. Tenho interesse em adquirir 02 prensas manuais, uma plana em A4 e uma de canecas. Poderia me guiar quanto a isso? Caso conheçam outras prensas melhores, por favor, poderia me indicar? Estou realmente precisando de ajuda.

    Muito obrigada pela atenção,
    Erica Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Érica. Eu recomendo que você compre sempre de uma loja física . As marcas por vc citadas são marcas reconhecidas. Vc sempre deve ter o cuidado em observar se as peças são todas metálicas, não havendo peças em plástico (derrete como calor)
      Sugiro que a primeira pergunta a responder seja: que estilo de prensa deseja comprar? qual se adaptará melhor ao trabalho que vc vai desenvolver? - Concha ou Jacaré (abertura e fecho vertical), - Balanço (move-se na horizontal - direita/esquerda) e - de Gaveta (o tabuleiro se movimento como uma gaveta). Considerando estes modelos, pense em questão do espaço que ela vai ocupar X o espaço disponível; o modo de funcionamento X agilidade do trabalho; os materiais que vc vai utilizar na produção X pressão X o modo de prensagem; o preço; durabilidade e principalmente a garantia oferecida.
      Espero ter ajudado ou pelo menos lançado algumas questões para que possa analisar melhor seu objetivo antes de começar seu negócio

      Excluir
  4. Bom dia, tenho uma prensa da rimaq 110 e preciso usar no 220, posso trocar a resistência?

    ResponderExcluir